↑ Voltar para Estudos e Artigos

Referências

Wilke C, Lin HW, Pickard AS. Impact of cancer on HRQL: evidence using the EQ-5D. Midwest Pharmacy Administration conference, Minneapolis, MN, July 27-29th, 2006 [Research in Social and Administrative Pharmacy].

 

Impact of Cancer on Health Related Quality of Life: Evidence Using the EQ-5D

 

Objetivo

O objetivo deste estudo é descrever o fardo de doença associado a vários tipos de câncer , medido pelo EQ-5D, e fornecer orientação para futuros estudos de forma a aumentar a uniformidade e comparabilidade dos resultados obtidos com recurso ao EQ-5D.

Metodologia

Foi conduzida uma revisão da literatura estruturada, recorrendo as bases EMBASE e MEDLINE para a identificação de artigos, usando palavras-chave relacionadas com Câncer e EQ-5D. Foram incluídos na revisão estudos originais, realizados em pacientes com câncer e que utilizaram  como instrumento de avaliação o  EQ-5D .

Resultados

Dos 57 artigos identificados, 31  foram incluídos na análise. O  EQ-5D foi  aplicado em  diversos estudos com pacientes oncológicos, tais como: câncer de próstata (n = 4), da câncer de mama (n = 4), cânceres do sistema digestivo (n = 7), e de linfomas Hodgkin e /ou não-Hodgkin  (n = 3). A média do  índice variara entre 0,33 (DP 0,4) a 0,93 (DP 0,12) e pontuações obtidas na escala analógica visual (EAV) foi de 43 (DP 13,3) a 84 (SD 12,0) entre os diferentes subtipos de câncer.

Conclusões

Um conjunto substancial de literatura suporta a utilização do EQ-5D em pacientes com câncer. O ídice EQ-5D e as pontuações obtidas na EAV  variaram amplamente devido à heterogeneidade de protocolos de tratamento, estágio do câncer e subtipo de câncer. Este resumo da literatura disponível acerca de estimativas de qualidade de vida em pacientes com câncer, com recurso ao EQ-5D,  constitui um recurso para a pesquisa de desfechos e avaliações econômicas nesta área.

 

Impact of Cancer on Health Related Quality of Life Evidence Using the EQ-5D

 

 

Johnston et al.: Patient-reported outcomes in metaanalyses – Part 1: assessing risk of bias and combining outcomes. Health and Quality of Life Outcomes 2013 11:109

 

Patient-reported outcomes in metaanalyses – Part 1: assessing risk of bias and combining outcomes.

 

Revisões sistemáticas e meta-análises de ensaios clínicos randomizados, que incluem desfechos relatados pelo paciente (PROs), muitas vezes fornecem informações cruciais para pacientes e médicos que enfrentam decisões de saúde desafiadoras.Com base em métodos emergentes, as orientação para a integração de PROs em meta-analises provavelmente irão aumentar a sua utilidade.

Os objetivos deste trabalho são: i) para descrever PROs e explicar a sua importância para a tomada de decisão em saúde, ii) ilustrar o risco das questões de viés que os revisores sistemáticos devem considerar e, iii) discutir as características dos PROs e fornecer orientações para a combinação de desfechos.Sugerimos uma abordagem passo-a-passo para abordar questões dos PROs em meta-análises. Revisores sistemáticos devem começar por perguntar-se se os ensaios têm abordado todos os efeitos importantes do tratamento na qualidade de vida dos pacientes.Se os estudos utilizaram PROs, terão os pesquisadores escolhido os instrumentos adequados? Em particular, as evidências sugerem que os PROs utilizados são válidos, e está a revisão livre viés de relato? Os autores de revisões sistemáticas deve então decidir como categorizar os PROs  e  agrupar os resultados

Patient-reported outcomes in metaanalyses – Part 1: assessing risk of bias and combining outcomes.